terça-feira, 28 de junho de 2022

Espaço d@s estudantes – por Hérika Almeida #003

Publicado em 20 de dezembro de 2020, às 10:11
Imagem: Autora

JÚLIA JENIFER BRIANTE: A CRONISTA QUE AMA METÁFORAS

Júlia Jenifer Briante tem 20 anos e é acadêmica do 4° semestre de Jornalismo, no Centro Universitário Unifasipe, na cidade de Sinop – MT. Há um ano faz parte da equipe de produção de Jornalismo do Grupo Roberto Dorner de Comunicação, afiliada SBT em Sinop.

Na crônica abaixo, ela traz suas impressões sobre o seu primeiro “Dia dos Namorados”. Confira.

DATA INSIGNIFICANTE

Sempre achei morango uma fruta perfeita, completa, doce como a esperança e a felicidade com um requinte azedo bem sutil, desenvolvido pela sensação de estar se aventurando na beira do abismo. Parece muito para descrever uma única fruta, mas na tarde mais ensolarada e úmida do dia 12 de junho 2005, eu tive o prazer de provar essa iguaria com uma emoção extraordinária.

Meu paladar não sabia descrever a felicidade de sentir uma sensação barrosa, doce e peculiar, cada célula do meu corpo apreciou durante segundos, o prato mais perfeito do mundo.

E, assim, eu conheci o chocolate industrializado. Tinha o formato de coração e o morango dentro tornou meu dia perfeito. Foi meu primeiro presente de “Dia dos Namorados”.

Não gostei do garoto, mas adorei o doce.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Publicidade

Sites relevantes para pesquisa

Publicidade

%d blogueiros gostam disto: