sexta-feira, 23 de fevereiro de 2024

UFMA classifica mais de 90 cursos com 3, 4 e 5 estrelas no ‘Guia da Faculdade Estadão’

Publicado em 29 de outubro de 2023, às 9:48
Fonte: Diretoria de Comunicação da UFMA
Imagem: DCOM Divulgação.

Na classificação realizada pelo Guia do Estudante, publicação ligada ao jornal Estado de São Paulo, 96 cursos da UFMA foram classificados com 3, 4 ou 5 estrelas, sendo 13 cursos com 3 estrelas, 78 cursos com 4 estrelas, 5 cursos com 5 estrelas (os únicos do estado a atingir a nota máxima). A avaliação representa a maior quantidade de cursos de qualquer instituição de educação superior do estado. 

O Pró-reitor de Ensino da Universidade, Romildo Martins Sampaio, conta que essa classificação é uma grande satisfação, mas não surpreende, pois novamente, a Universidade Federal do Maranhão reitera o seu protagonismo na educação superior do Estado e da região. “Importante ressaltar que não sendo um resultado isolado, ao contrário, é um resultado que anualmente vem se renovando e que é corroborado pelos outros diferentes indicadores de qualidade do Ministério da Educação, atestando a qualidade dos cursos ofertados pela UFMA, mas esse é um trabalho de muitas mãos, é um trabalho da gestão superior, da Pró-reitoria de Ensino. Então, parabéns a todos nós e parabéns à Universidade Federal do Maranhão”, expressou.

A diretora de avaliação e regulação institucional da Universidade, Audirene Amorim, também se manifestou sobre a avaliação, de forma bastante positiva e desejando a melhoria contínua dos cursos para manter e aumentar as classificações. “Nossos cursos obtiveram ótimas classificações equiparadas às universidades de grande porte no país. Isto se deve a parceria contínua das coordenações de cursos. Graças a essa contribuição dos coordenadores de cursos que conseguimos participar, quase em nossa totalidade, com todos os cursos da UFMA”, pontuou.

ÚNICOS 5 ESTRELAS – A classificação é feita em uma série de etapas, iniciando com as informações prévias fornecidas pelas diferentes instituições de educação superior do país, sendo essas afuniladas e os coordenadores desses cursos dão informações detalhadas sobre seu curso, versando principalmente sobre o projeto pedagógico, o perfil do corpo docente e a infraestrutura. Posteriormente, essas informações são sistematizadas e o guia consulta um banco de avaliadores de educação superior do MEC, que procedem a avaliação dos cursos nas diferentes áreas e finalmente se chega uma média ponderada dessas avaliações e para a concessão ou não de estrelas. Por meio desse processo, cinco cursos da Universidade foram avaliados com a nota máxima: Pedagogia, ambos os cursos de  Geografia, as licenciaturas em Estudos Africanos e Letras-Inglês.  

O professor Ronaldo Araújo, coordenador do curso de Geografia, explica que apesar de todas as dificuldades que passam no dia a dia, o esforço e a dedicação dada pelos docentes, estimula o envolvimento também dos discentes por uma maior  participação nas atividades realizadas. “ É necessário esclarecer que tanto para a Coordenação do Curso de Geografia quanto para o Departamento de Geociências, o resultado reflete diretamente o esforço tido por ambos, sendo representado nas ações desenvolvidas de forma articulada, na preocupação com a qualificação do corpo docente, na melhoria das atividades de sala de aula, nas atividades de campo, publicações, além das atividades de pesquisas, seja nos Núcleos de Pesquisa, Grupo de Pesquisa ou Laboratórios”, afirmou.

Para o professor Rosenverck Estrela Santos, coordenador de Estudos Africanos, essa avaliação é um instrumento de avaliação nacional criterioso, por isso, as 5 estrelas representam o reconhecimento da qualidade da formação na Licenciatura em Estudos Africanos e Afro-brasileiros “Isso não deixa de demonstrar o potência de nosso currículo na construção de educação inclusiva e antirracista. Nesse sentido, a UFMA é pioneira, pois foi a instituição que reconheceu, em primeiro lugar, a necessidade de uma graduação que formasse profissionais para uma educação antirracista e pluriepistêmica. Nossa tarefa é reforçar e ampliar nossas ações, a relação com a educação básica e os intercâmbios internacionais que estamos organizando para aprofundar a formação profissional de nossos discentes”, expôs. 

GUIA DO ESTUDANTE – Criado em 2018, o Guia é uma parceria do Estadão com a plataforma de marketing educacional Quero Educação, que avalia cursos de graduação em todo o Brasil, a fim de auxiliar estudantes na escolha da faculdade desejada. Mais de 17 mil cursos, entre Bacharelados, Licenciaturas e Tecnológicos, de instituições de ensino superior públicas e privadas cadastradas no Ministério da Educação (MEC).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Sites relevantes para pesquisa

Nós, do site Região Tocantina, queremos desejar, a todos os nossos leitoras e nossas leitoras, um FELIZ NATAL, repleto de fé, alegria, paz, saúde e felicidade.

E que as comemorações possam realçar nossos melhores e duradouros sentimentos.

FELIZ NATAL!

Publicidade