sexta-feira, 23 de fevereiro de 2024

ARTIGOS DE SEGUNDA # 3 – FÓRMULAS PARA O FRACASSO ESCOLAR

Publicado em 28 de agosto de 2023, às 15:07
Fonte: José Neres – Professor. Membro da AML, ALL, APB e da Sobrames-MA
Imagem criada pelo autor com auxílio de programa de Inteligência Artificial.

Correm por aí alguns boatos insinuando que nossos índices educacionais estão melhorando e que nossos estudantes estão se saindo bem em diversas avaliações institucionais. Realmente são boas notícias, embora alguns incrédulos teimem em dizer que não é bem assim… De qualquer maneira, é sempre importante fazer algo para que todos possam atingir seus objetivos. Dessa forma, elaboramos um breve esboço com algumas dicas (todas elas devidamente testadas por diversos estudantes ao longo dos tempos) para que o aluno que tenha o fracasso como meta de vida não se sinta excluído e que também possa comemorar a realização de seu sonho.

A seguir temos algumas dessas fórmulas – que não são mágicas, e que exigem um algum esforço por parte do próprio estudante, das famílias, das instituições escolares e das administrações públicas – para que os objetivos do fracasso possam ser atingidos a contento.

SEMPRE SORRIA PARA A TELA DE SEU CELULAR. Como hoje os diversos aparelhos de telefonia móvel se tornaram amigos inseparáveis de quase todo mundo, é muito justo que tais objetos sejam personificados e recebam doses extras de carinho e de atenção. Então, durante as aulas, é sempre importante ficar atento às mensagens, aos áudios, aos links e aos vídeos que chegam. Eles são muito importantes para a realização de seus objetivos. Como o celular acompanha você a todos os lugares, até mesmo na intimidade dos banheiros, é justo que ele também esteja em sala de aula e que você se desligue do mundo para derramar aquele olhar bestificado e soltar aquele sorriso bem maroto toda vez que chegar um aviso de mensagem enquanto os professores se esforçam para tentar explicar algum assunto. O local ideal para descansar seu aparelho é dentro de sua mochila, onde possa ser consultado sem o olhar inquiridor de quem estiver ministrando a aula. Mas você pode optar por colocá-lo entre as pernas, inclusive nos dias de prova, ou no bolso. O importante é que ele esteja sempre próximo a seus olhos… Ah, e não se esqueça do fone de ouvido. Ele é muito importante para que você relaxe ao som de suas músicas preferidas e se livre de vez da voz rouca, cansada e cansativa de seus professores.

 NÃO IGNORE SEU SONO. A noite é sempre uma maravilha: são inúmeras séries que devem ser vistas, vários filmes interessantes, infinitas conversas nos aplicativos e nas redes sociais, muitos vídeos e fotos interessantes que chegam… Mas, infelizmente (ou não!), chegará o momento em que o corpo irá cobrar seu déficit de sono. É necessário recuperar as energias. Então, aproveitando que muitas escolas hoje são climatizadas e bastante confortáveis, você pode dormir na hora das aulas e se preparar para uma noite insone. Se alguém reclamar, não pense duas vezes: diga que a aula é chata, que o professor não sabe explicar direito ou que você passou a noite em claro porque tinha algo muito importante para resolver. Geralmente essas desculpas são bem aceitas e não lhe trarão problemas. Para você melhorar suas probabilidades de fracasso, é deveras importante que garanta seu lugar próximo a uma parede, assim você pode se encostar, dormir tranquilamente e fingir que está atento a tudo. O único problema é que alguns professores falam alto e podem importunar seu sono. Novamente ter um fone de ouvido é primordial. Há alguns que passam despercebidos e, caso você tenha cabelos longos, estará tudo resolvido.

AUSENTE-SE SEMPRE QUE POSSÍVEL. Há muitas coisas mais interessantes que uma aula: um mosquito que voa, uma conversa vinda do corredor, a sirene avisando que é hora do lanche, uma reunião agendada com a coordenação ou com a diretoria etc. Então, para você atingir sua meta de fracasso escolar, você deve ser estratégico e todas as vezes que surgir uma oportunidade para não assistir a uma aula (ou pelo menos parte dela), aproveite. Uma boa desculpa é pedir para ir ao banheiro. Eis um ótimo expediente a ser utilizado. E se o professor ou professora resolver negar seu sagrado direito de sair? Não tenha dúvida. Alegue que está muito apertado ou que irá urinar-se ali mesmo. Se precisar, faça um escândalo, mas saia da sala. Ao sair, não se esqueça de ir sempre pelo caminho mais longo e, ao voltar, aproveite alguns minutos para continuar espiritualmente ausente. Assim você dará mais um importante passo rumo ao seu projeto de fracassar nos estudos.

ATIVE O BOTÃO “TÔ NEM AÍ”. Há professores que exigem atenção dos alunos. Essas criaturas geralmente falam alto, gesticulam muito e podem ser um sério obstáculo para a execução de seu projeto de fracassar nos estudos. Em casos assim, é importante que você aplique a milenar técnica de parecer atento às aulas estando totalmente desligado do que acontece ao seu redor. Fazer uma ou outra pergunta aleatória (geralmente pinçada da frase mais recente do professor), manter os olhos fixos no quadro, fingir que anota tudo são algumas técnicas que podem salvar você de alguns momentos constrangedores. Mas nunca se entusiasme com algum assunto ministrado. Há professores que têm o dom de fazer você interessar por alguns temas. Se isso acontecer, não compareça às próximas aulas ou, se possível, consiga um atestado médico ou force uma suspensão. Isso é bem melhor que pôr em jogo seu tão merecido fracasso.

INVISTA EM SEU FRACASSO. Jamais acredite naquelas pessoas que alardeiam a falsa ideia de que fracassar é algo fácil. Não. Não é! Várias vezes você irá encontrar alguém tentando tirar você do foco de seu objetivo. Então é preciso fazer alguns investimentos, inclusive pecuniário. Se possível, faça uma assinatura em um desses sites ou aplicativos que entregam trabalhos feitos e que permitam que você acesse uma gama de questões resolvidas. A função ctrl C + ctrl V irá garantir que você tenha mais tempo disponível para projetar com mais atenção um futuro de fracassos duradouro. Caso não queira assinar algum desses sites, é muito importante criar network com algum colega que se prontifique, mediante pagamento, a fazer seus trabalhos ou mesmo passar-lhe as respostas das provas. Em alguns casos, jogar seu charme para uma pessoa que não lhe agrade esteticamente, mas que esteja disposta a ser enganada com juras de amor ou breves convites para sair em troca de um gabarito pode resolver esse problema, mas de qualquer forma é um investimento.

JUNTE-SE A SEUS PARES. É relativamente fácil localizar aqueles alunos que comungam da mesma ideia que as suas. Junte-se a eles. O fracasso escolar fica mais fácil quando estamos acompanhados de pessoas empenhadas no mesmo objetivo. Nada de ficar perto daquele nerdola que vive com a cara enfurnada em um livro e em suas anotações! Ele pode ser uma péssima influência. Fuja também daqueles famigerados grupos de estudo e daqueles horríveis clubes de leitura. Vai que você seja corrompido! Será seu fim! Mas se o assunto for baixaria, fofoca, farras, pegadinhas ou as famosas ficadas, esteja sempre por perto e participe ativamente das conversas. Elas ajudarão você a conseguir o que deseja.

 Esteja certo de que as supracitadas fórmulas de fracasso são apenas alguns exemplos. Há muitas outras que podem ser aplicadas com a mesma eficiência. Lembre-se sempre de que, ao contrário da busca pelo sucesso, que depende de uma enorme confluência de fatores, basta você seguir uma, duas ou três dessas dicas que você estará bem mais perto do fracasso escolar. Mas não perca o foco!

 Detalhe mais que importante: essas fórmulas já foram amplamente testadas e podem ser empregadas em qualquer nível de ensino, desde o ensino fundamental até a pós-graduação. Não tem erro, ou melhor, só tem erro!

3 respostas

  1. LENDO ESSE TEXTO EM SALA E A SITUAÇÃO É IDÊNTICA, AULAS DISPERSOS E NO CEL. P.S. A AULA NO ENSINO SUPERIOR.
    PARABÉNS PELO TEXTO!!!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Sites relevantes para pesquisa

Nós, do site Região Tocantina, queremos desejar, a todos os nossos leitoras e nossas leitoras, um FELIZ NATAL, repleto de fé, alegria, paz, saúde e felicidade.

E que as comemorações possam realçar nossos melhores e duradouros sentimentos.

FELIZ NATAL!

Publicidade