terça-feira, 25 de janeiro de 2022

Catedral Nossa Senhora de Fátima deve iniciar campanha em prol de revitalização ainda esse mês

Publicado em 6 de janeiro de 2022, às 7:58
Fonte: Assessoria

A Catedral Nossa Senhora de Fátima, um marco religioso, histórico e cultural de Imperatriz, está movimentando um esforço comunitário entre a comunidade católica, instituições locais, poder público e doadores privados para iniciar um projeto que há muito tempo nasceu no coração dos membros da igreja: a reforma geral da instituição. 

Com projetos de engenharia e arquitetura prontos, a ideia é melhorar, por meio de reforma e ampliação, algumas áreas da catedral, que foi construída ao final da década de 50 e tornou-se, ao longo do tempo, um dos cartões postais da cidade. “Nós queremos trazer uma melhora visual para o nosso templo, reformando os pontos necessários e preservando a nossa história”, comenta o bispo diocesano Dom Vilson Basso. 

Além disso, outro cenário importante trouxe um alerta para a catedral, fazendo com que a revitalização seja ainda mais prioritária para o templo: com o período chuvoso, a igreja recentemente passou a sofrer com alagamentos. Isso tem causado transtornos para a catedral e, com o avanço das chuvas, a situação pode se agravar ainda mais. “Enquanto não for feito uma grande ampliação da área e algo para esgotamento de água, essas chuvas, agora constantes e torrenciais, vão continuar alagando nossa igreja”, alerta o bispo. 

A catedral, que já passou por trabalhos de reforma, agora se prepara para receber um projeto de revitalização completo, com ampliação do templo, pintura, encanamento, melhorias elétricas e de telhado e piso, entre outros trabalhos que devem ser feito. Ainda segundo o bispo, a iniciativa, além de proporcionar segurança, também deve levar conforto e proporcionar uma experiência agradável para quem visitar a igreja. “A construção de fato é uma parte visível da nossa atuação e nós queremos também levar autoestima para o nosso povo, que precisa ver que hoje a nossa igreja caminha, a nossa igreja está viva e atuante”, completa Dom Vilson. 

Um calendário de ações beneficentes já está sendo montado para ter início em janeiro de 2022, com ações que devem contar com o engajamento da comunidade, empresas e instituições locais para que a igreja possa tirar o projeto do papel.  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Sites relevantes para pesquisa

Publicidade

%d blogueiros gostam disto: