terça-feira, 26 de outubro de 2021

Exames para Covid-19 têm ajudado na detecção de câncer de pulmão

Publicado em 20 de agosto de 2021, às 8:52
Fonte: Assessoria – Oncoradium
A Oncoradium Imperatriz atua há mais de 10 anos na cidade e atende pacientes de toda a região. Fonte: Assessoria.

Com a pandemia da Covid-19, houve uma multiplicação na realização de tomografia torácica para avaliar as condições dos pulmões. Essa situação também possibilitou o diagnóstico de muitos casos de câncer de pulmão, como nódulo pulmonar incidental. Os médicos perceberam o aumento de casos novos dessa doença após a avaliação de nódulos suspeitos mostrados nos exames de imagem.

Segundo o cirurgião oncológico da Oncoradium Imperatriz, Dr. Jorge Lyra, ainda não existem comprovações que as sequelas da Covid-19 tenham alguma relação causal com câncer de pulmão, mas com o crescimento da realização das tomografias de tórax, os diagnósticos de câncer de pulmão têm aumentado.

“Não existem comprovações de nexo causal entre covid e câncer. Somente se deve ficar atento que os pacientes com fibrose pulmonar, pois possuem uma função pulmonar limítrofe e qualquer outra patologia pulmonar pode levar à descompensação com complicações cardiopulmonares graves”, destaca Dr. Jorge Lyra.

Ainda segundo o cirurgião oncológico, os pacientes com câncer de pulmão que estão em tratamento têm dois riscos: o primeiro deles é relacionado a imunidade, que fica reduzida devido a quimioterapia e pode agravar os casos; o segundo é que uma das possíveis sequelas da Covid-19 é a fibrose pulmonar, que pode levar a dispneia e ser agravada pela infecção. “O tratamento do câncer é uma causa de imunossupressão, porém o tratamento do câncer não pode parar”, alerta Dr. Jorge Lyra.

Vale ressaltar que, em casos de tumores identificados em tomografias, é importante procurar o serviço especializado para saber se esses nódulos são suspeitos de câncer ou não. O Dr. Jorge Lyra ressalta que a detecção precoce do câncer é muito importante, pois aumenta significativamente as chances de cura da doença. Além disso, a população precisa continuar com os cuidados de prevenção ao câncer, principalmente, o de pulmão, que é silencioso e com alta taxa de letalidade.  

Em Imperatriz, o centro de tratamento e prevenção do câncer da Oncoradium conta com infraestrutura de atendimento completa, tecnologia de ponta, profissionais capacitados e atendimento ao paciente de forma humanizada, com muito respeito, transparência e total acolhimento. Sabendo que o câncer se desenvolve muito rapidamente, são proporcionados tratamentos imediatos, tanto nas unidades particulares, quanto nas unidades da rede SUS.

Câncer de pulmão

Estima-se que 70% dos casos de câncer de pulmão no Brasil sejam diagnosticados em estágios avançados, o que pode contribuir para a ocorrência de rápida progressão da doença e morte. Esse tipo de câncer é silencioso e os sintomas podem ser tosse, presença de raias de sangue no catarro e, em fases mais avançadas, dor torácica e falta de ar. O Instituto Nacional do Câncer (INCA) estima que 30.200 novos casos de câncer de pulmão devem ser diagnosticados no Brasil este ano.

O tabagismo figura como principal fator de risco para o câncer de pulmão. Os cigarros, comum ou eletrônicos, contém diversas substâncias tóxicas e muitas delas são cancerígenas. Com relação ao tratamento, vai depender da situação de cada caso, mas geralmente é feito com quimioterapia, radioterapia, as terapias-alvo e a imunoterapia. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Sites relevantes para pesquisa

Publicidade

%d blogueiros gostam disto: