terça-feira, 26 de outubro de 2021

UFMA: CAMPUS DE IMPERATRIZ VAI GANHAR NOVO PRÉDIO

Publicado em 11 de novembro de 2020, às 19:17

Atendendo à solicitação dos coordenadores dos cursos de Direito, Ciências Contábeis e Pedagogia e ainda do Mestrado em Educação, o reitor se comprometeu em construir um prédio na unidade centro do CCSST.

Fonte: Diretoria de Comunicação da UFMA

Imagem: site da UFMA

O Centro de Ciências Sociais, Saúde e Tecnologia (CCSST), o mais antigo câmpus da UFMA no interior do estado, que em 2020 completa 40 anos, vai ganhar um novo prédio.

Fruto de uma antiga reivindicação, a construção do novo prédio, a ser realizada na unidade Centro, teve seu pedido reforçado por meio de um documento, assinado coletivamente pelos coordenadores dos cursos de Direito, Ciências Contábeis, Pedagogia e do Mestrado em Pedagogia, que encaminharam para a Reitoria a solicitação.

Em 2017, a demolição das salas de aula de madeira da Unidade Centro do CCSST fez com que os alunos dos cursos de Pedagogia, Ciências Contábeis e Direito passassem a ter aulas no Centro de Ensino Médio Graça Aranha. Posteriormente, algumas turmas do Curso de Ciências Contábeis foram encaminhadas para a unidade do Bom Jesus.

Antes da demolição, um grupo de alunos do Curso de Direito pediu uma audiência com o senador Roberto Rocha, que se comprometeu de liberar junto ao MEC o valor de cerca de R$ 2,0 milhões para a UFMA (Veja matéria sobre isso aqui: https://robertorocha.com.br/salas-de-aula-da-ufma-de-imperatriz-serao-totalmente-recuperadas/)

Na ocasião, a Reitoria da universidade firmou acordo para destinar este recurso, integralmente, para a construção do novo prédio, o que não aconteceu. (Veja matéria sobre isso aqui: https://portais.ufma.br/PortalUnidade/imperatriz/paginas/noticias/noticia.jsf?id=50453)

O documento, que foi enviado à Reitoria, no dia 19 de outubro de 2020, pelos coordenadores registra a necessidade de que essa obra seja iniciada: “Diante do exposto, queremos ratificar a SOLICITAÇÃO DA CONSTRUÇÃO DE 22 SALAS para compor as instalações do Campus Centro, conforme Projeto já aprovado pela PRECAM, para que possamos realizar um trabalho por uma educação digna, com salas de aulas, parte administrativa e de laboratórios para os cursos concretizarem as ações educativas, propiciar uma educação de valorização de saberes, de construção de conhecimentos, e de vivências na realidade de inserção”, conclui o texto.

REUNIÃO

Imagem: Dcom

Na tarde de ontem (10.11), o reitor se reuniu com os signatários do documento do CCSST para prestar esclarecimentos sobre o início da obra. Participaram da reunião, além do reitor Natalino Salgado Filho, o vice-reitor Marcos Fábio Belo Matos, os professores Helio Rodrigues Araújo, coordenador do Curso de Ciências Contábeis, Gabriel Araújo Leite, coordenador do Curso de Direito, Witemberg Zaparolli, coordenador do Mestrado em Educação, que também representou a professora Herli Carvalho, coordenadora do curso de Pedagogia, o assessor de suporte técnico da manutenção predial, Leonardo Hunaldo, o superintendente de infraestrutura, Wener Santos Miranda, além de pró-reitores e outros gestores.

O reitor aproveitou para contextualizar a situação do processo licitatório, afirmou que o custo da construção está em R$ 6,5 milhões e que a obra será feita de forma modular, de maneira que, quando uma parte estiver pronta, já poderá ser ocupada.

Na reunião, o professor Hélio Araújo informou que os cursos estão no Colégio Graça Aranha há mais de quatro anos. No caso do curso de Ciências Contábeis, ele divide as turmas entre as unidades Centro e Bom Jesus: “Nós temos o cuidado de levar algumas turmas para o Bom Jesus. Por conta dos desgastes que tivemos no Graça Aranha, tivemos que ir para o Bom Jesus. Nós precisamos avançar bastante neste empreendimento da reforma no Campus Centro”, pediu.

O reitor também aproveitou para atualizar o grupo sobre as novas edificações da UFMA. Informou que vai reiniciar, nesta quinta-feira (12.11), a construção da obra da biblioteca central e também terminar o prédio da Diretoria de Tecnologia da Educação. Um terceiro prédio, que será finalizado em breve, é o da Faculdade de Enfermagem, no centro de São Luís.

O professor Witemberg Zaparolli, representando a coordenação do Mestrado em Educação e a coordenação de Pedagogia, ressaltou a necessidade desta obra e a sua alegria em saber que ela será realizada em 2021.

O reitor aproveitou para reafirmar seu compromisso: “Para o ano que vem, a prioridade é a construção deste prédio de Imperatriz, cumprindo um compromisso de campanha que fizemos quando estivemos aí”, concluiu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Sites relevantes para pesquisa

Publicidade

%d blogueiros gostam disto: