quinta-feira, 11 de agosto de 2022

Outubro Rosa e Terapia Nutricional

Publicado em 27 de outubro de 2020, às 17:52
Fresh fruits and vegetables in the basket
Imagem: Site Supergentil

Anyvlis Alencar – Nutricionista, especialista em nutrição infantil

Outubro Rosa é um movimento internacional durante todo o mês de outubro, em conscientização da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama.

Além de chamar a atenção das mulheres para a necessidade de frequentar o médico e de fazer a mamografia, essa campanha também as estimula para que se toquem e sempre façam o autoexame das mamas.

Essa doença grave pode ser evitada a partir de pequenas ações no nosso dia a dia, começando pela alimentação!

Prevenção

O desenvolvimento do câncer é prevenido pela alimentação de duas maneiras: não comendo em excesso substâncias que são cancerígenas (como embutidos e frituras); e adicionando à dieta alimentos que possuem substâncias anticancerígenas (ou antitumorais) evitando o aparecimento do câncer.

Confira quais são os alimentos mais importantes no combate à doença:

Tomate, goiaba e melancia;

Frutas vermelhas, roxas e frutas cítricas, ricas em vitamina C;

Abóbora, cenoura, couve-flor, repolho e brócolis;

Couve, espinafre, alho e cebola;

Peixes (sardinha, salmão e atum);

Casca da uva roxa;

Soja e feijão;

Chá verde e preto;

Açafrão, curry e gengibre;

Chocolate amargo e cacau.

Além de incluir os alimentos citados acima na sua rotina alimentar, manter outros hábitos saudáveis como não fumar e não beber em excesso e, também, praticar exercícios com regularidade ajudam a ficar longe do câncer e de outras doenças.

Tratamento

O tratamento do câncer pode causar efeitos colaterais, mas incluir alimentos nutritivos e saudáveis pode acelerar o processo de recuperação e tornar esse processo menos desgastante.

Veja algumas dicas para se alimentar durante o tratamento e obter melhores resultados, bem como evitar incômodos:

Fibras;

Alimentos orgânicos;

Gorduras boas (azeites, abacates e oleaginosas);

Leite e seus derivados;

Peixes (sardinha, salmão e atum – ricos em ômega 3);

Gengibre com hortelã;

Espinafre.

A alimentação é um dos pontos mais importantes para quem tem câncer. Saber suas principais características ajuda a tomar decisões que favoreçam o tratamento e não pioram os efeitos colaterais. Assim é possível viver mais e melhor, manter a qualidade de vida e ter um tratamento mais eficaz!

Fazer o exame preventivo regularmente e adotar um estilo saudável são a fórmula perfeita para reduzir as suas chances de ter câncer ou descobrir a doença no estágio inicial, tornando as chances de recuperação muito maiores!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Publicidade

Sites relevantes para pesquisa

Publicidade

%d blogueiros gostam disto: