terça-feira, 28 de junho de 2022

Ministro da Educação inaugura prédio do BICT e anuncia novos investimentos para a UFMA

Publicado em 22 de maio de 2022, às 8:56
O ministro também visitou as instalações do HUUFMA
Fonte: Diretoria de Comunicação da Ufma. Reporter: Paulo Washington.
Na visita, o ministro Vítor Godoy conheceu as instalações do prédio do BICT.

A Universidade Federal do Maranhão (UFMA) inaugurou, nessa sexta-feira, 20, o novo prédio do Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia (BICT), situado na Cidade Universitária Dom Delgado, no Câmpus de São Luís. A solenidade de inauguração foi comandada pelo ministro de Estado da Educação, Victor Godoy Veiga, e pelo reitor Natalino Salgado, com as presenças de gestores do MEC e da administração superior da Universidade, autoridades, estudantes e convidados.

Além do ministro da Educação e do reitor da UFMA, a composição do dispositivo de honra foi formada pelo presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Marcelo Ponte; pelo diretor do Centro de Ciências Exatas e Tecnologia da UFMA, Auro Tanaka; pelo coordenador do prédio das Engenharias da UFMA, Marcos Aurélio Santos; pelo coordenador do Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia, Igo Tôrres Lima, e pelo presidente do Diretório Central dos Estudantes da UFMA, Marcony Edson Silva de Matos.    

Victor Godoy abriu o seu pronunciamento afirmando que a UFMA tem um reitor, que, além de médico, é um excelente administrador. Ele lembrou que a UFMA foi a primeira universidade federal a aderir à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH). Segundo o ministro, uma decisão visionária do reitor Natalino Salgado. Em seguida, destacou resultados de trabalho e falou sobre a importância do prédio do BICT para as engenharias no Maranhão.

O HUUFMA é uma das maiores referências em hospitais universitários do Brasil.

“Hoje é um dia de festa. É um dia de comemoração. Nós estamos aqui, na entrega desse prédio, e, para mim que conheço bastante o trabalho do reitor Natalino Salgado e de toda a sua equipe, esse prédio tem o tamanho e a qualidade que a UFMA merece. É muito gratificante estar aqui, representando o Ministério da Educação para apoiar a UFMA na implementação dos cursos, contem com o MEC”, afirmou o ministro Victor Godoy.

“Antecipo aqui, inclusive, o apoio que a gente aprovou, no Ministério da Educação, de R$ 3,5 milhões, para a UFMA concluir os prédios da Enfermagem, no câmpus de São Luís, e do curso de Medicina, no câmpus de Imperatriz, ambos previstos para serem inaugurados em novembro deste ano”. Victor Godoy anunciou ainda que o MEC vai apoiar na extensão do programa dos chips, beneficiando os alunos mais vulneráveis.

“Dei o meu compromisso ao reitor para ajudar em tudo o que for possível para implantar os cursos de Engenharia Mecatrônica, Engenharia de Transporte Multimodal, com foco no portuário, e, posteriormente, o curso de Engenharia Robótica. Nós valorizamos o ensino superior e desejamos que esse novo equipamento traga muito desenvolvimento para a região, melhores condições aos alunos, docentes, técnicos administrativos, para que, no futuro, a gente veja muitos engenheiros formados, ajudando no desenvolvimento do nosso país”, finalizou Victor Godoy.

O novo prédio do BICT vai possibilitar a ampliação da área tecnológica na UFMA.

O reitor Natalino Salgado iniciou o seu discurso enaltecendo o trabalho de todos que somaram esforços para a construção do prédio. “Nós estamos hoje inaugurando uma edificação desse tamanho e com essa complexidade de infraestrutura e potencial para permitir todo o desenvolvimento de pesquisa, de ensino e qualidade, sobretudo numa área estratégica, que é a engenharia. Um trabalho que se deve a muitos trabalhadores. Trabalhadores que precisam receber a nossa gratidão e a nossa homenagem”, disse o reitor Natalino Salgado.

“A Educação é que move o desenvolvimento de qualquer país. Qualquer país que deseja crescer investindo em inovação e educação, por seus princípios democráticos, terá sempre a educação como motor para igualdade social. Renovo sempre aqui o apoio que temos recebido do MEC”, complementou o reitor. Segundo ele, o Ministério da Educação também deu um grande apoio para a conclusão do Câmpus de Balsas, que vai ser inaugurado nos próximos meses.

O reitor anunciou ainda que a UFMA está com um grupo de alto nível construindo projetos estratégicos para ampliar as engenharias na instituição. Uma delas é na área de transporte multimodal, com foco na área portuária. São áreas estratégicas para o nosso estado e país”, concluiu o reitor.

Visita ao HU-UFMA-Ebserh-MEC

Pela manhã, o ministro da Educação, acompanhado de assessores, entre eles, Antônio César Alves Rocha, presidente em exercício da Rede Ebserh — estatal que administra o hospital—, fez uma visita técnica ao Hospital Universitário da Universidade Federal do Maranhão (HU-UFMA-Ebserh-MEC). Na ocasião, Victor Godoy Veiga destacou a atuação da unidade hospitalar no cenário brasileiro.

Saiba mais sobre BICT

Instalado em uma área de 7.817.34 metros quadrados, o novo prédio do Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia (BICT) vai sediar os cursos das engenharias aeroespacial, ambiental e sanitária, civil, da computação e mecânica. Docentes e discentes compartilharão conhecimentos e aprendizado em amplas e modernas instalações, em um ambiente confortável e motivador para o desenvolvimento de atividades de ensino, pesquisa, extensão e inovação.  

Crescendo em ritmo acelerado, impulsionada pela conquista de índices e resultados de excelência, a UFMA vem se destacando como uma das melhores instituições de ensino superior do Norte-Nordeste. Sempre focada em sua missão, desenvolve, há décadas, um trabalho de alta relevância no processo de transformação de realidades, em diversas áreas das engenharias. Antenada às novas demandas de crescimento econômico e tecnológico do estado, a instituição implantou, em 2013, o Bacharelado Interdisciplinar em Ciência e Tecnologia (BICT).

A partir de então, o curso de graduação se configura numa formação tecnológica mais ampla e abrangente. O primeiro ciclo tem um caráter interdisciplinar. O segundo é formado pelas engenharias aeroespacial, ambiental e sanitária, civil, da computação e mecânica. Para atender ao curso, uma nova estrutura foi construída pela UFMA, com recursos do Governo Federal.

Novo prédio: inovação na educação

Ocupando uma área de 7.817,34 metros quadrados, o novo prédio do BICT foi orçado em quase 14 milhões de reais e vai contribuir para o desenvolvimento do ensino, da pesquisa e extensão. Com três pavimentos, o prédio proporcionará maior integração entre os cursos de engenharia. Todo o prédio é equipado com elevador para garantir acessibilidade.

O pavimento térreo é formado por dois miniauditórios, laboratórios de informática e de atividades acadêmicas, coordenações de cursos, secretarias acadêmicas, cantina e área de convivência. O primeiro pavimento tem salas de aulas conjugadas e laboratórios específicos das engenharias, e, no segundo pavimento, estão localizadas salas para professores, espaços para atendimentos aos estudantes, salas de reunião e área de vivência.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Publicidade

Sites relevantes para pesquisa

Publicidade

%d blogueiros gostam disto: