terça-feira, 25 de janeiro de 2022

Imperatriz e Itinga recebem o projeto Guarnicê Itinerante

Publicado em 2 de dezembro de 2021, às 14:13
Fonte: Redação com informações da Ascom – Festival Guarnicê de Cinema
O filme Muleque Té Doido é a atração principal do projeto. Foto: Divulgação

Após percorrer as cidades de Pinheiro, São Bento, Chapadinha e Timon, o projeto Guarnicê Itinerante chega à região Tocantina com as últimas apresentações feitas em Imperatriz nesta sexta-feira (3) e Itinga no sábado (4).

O Muleque Té Doido – Mais Doido Ainda é o terceiro filme da franquia de maior sucesso do cinema maranhense. A comédia dirigida por Erlanes Duarte será apresentada em Imperatriz nesta sexta-feira (3), na Beira-rio, a partir 18:30h e em Itinga no sábado (4), na Praça Ana da Penha, a partir das 18:30h. O filme é a atração principal do Guarnicê Itinerante, projeto realizado pela Pró-reitoria de Extensão e Cultura (PROEC) da Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

Além de Muleque Té Doido, serão exibidos quatro curtas-metragens da seleção 2021 do Festival Guarnicê de Cinema. Todos os filmes possuem classificação indicativa livre. O evento também promove oficinas de stop-motion, técnica que utiliza a disposição sequencial de fotografias de um mesmo objeto inanimado para simular o seu movimento.

A diretora de Assuntos Culturais da UFMA e coordenadora do Guarnicê, Rosélis Barbosa Câmara, ressalta que por onde passa o Guarnicê Itinerante fomenta o envolvimento com a cultura audiovisual. “Uma programação pensada com muito carinho para toda a família, direcionado para todas as pessoas e todas as idades. O Cinema Itinerante é realizado por meio de uma sala de cinema adaptada ao ar livre, legalizada, confortável e segura. Logo, a população pode esperar entretenimento, cultura e arte”, disse.

O Guarnicê Itinerante é fruto do Festival Guarnicê de Cinema, este ano realizado em São Luís no mês de setembro. Rosélis Câmara conta que a ideia surgiu após o sucesso do festival que exibiu quase 200 obras audiovisuais, distribuídas em mostras competitivas e virtal, e do envolvimento do público de forma presencial e virtual.

“Tivemos a ideia de oportunizar mais pessoas levando o festival para municípios maranhenses. Pois entendemos que um dos papéis da universidade, por meio da Pró-reitoria de Extensão e Cultura e da Diretoria de Assuntos Culturais, é levar a arte e a cultura para a sociedade e que estas (a arte e a cultura) têm papel pedagógico. Logo, no seu aspecto social, o festival quer possibilitar o acesso à cultura cinematográfica promovendo o acesso ao cinema àqueles que muitas vezes jamais tiveram essa experiência. Outro fator a destacar é a expansão e circulação da obra audiovisual por meio da realização dessas mostras itinerantes em municípios do Estado que aceitam acolher a proposta do projeto. Por fim, o Festival Guarnicê de Cinema, vai muito além do cinema, este é um projeto inclusivo, pois pode atingir inúmeras pessoas por dia’, salientou.

Clique aqui e conheça os filmes que serão apresentados.

Sobre o Festival Guarnicê de Cinema:

Criado em 1977, o Guarnicê é o quarto mais antigo festival de cinema do Brasil. O evento é realizado anualmente em São Luís por meio da Pró-reitora de Extensão e Cultura (PROEC) da Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

O Guarnicê apresenta um panorama da produção audiovisual brasileira, exibindo filmes de curta e longa-metragem, além de videoclipes, reportagens e filmes publicitários. Entre os dias 17 e 24 de setembro, o Guarnicê 2021 exibiu aproximadamente 170 filmes distribuídos em 18 mostras. A programação foi acompanhada por mais de 35.000 pessoas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Sites relevantes para pesquisa

Publicidade

%d blogueiros gostam disto: