domingo, 17 de outubro de 2021

OBESIDADE INFANTIL

Publicado em 29 de maio de 2021, às 18:17
Anyvlis Alencar – Nutricionista, especialista em nutrição infantil
Imagem: Freepik

A obesidade é uma condição em que a criança está significativamente acima do peso para sua idade e altura.⁣ Ela pode causar diabetes, pressão arterial alta e níveis elevados de colesterol. Por isso a preocupação dos especialistas em começar um tratamento o mais breve possível após identificar o problema.⁣

A Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (Abeso) traz orientações dinâmicas para o tratamento e diagnóstico da Obesidade:

  • Comer bem pode ser divertido: Escolha um dia para que as crianças participem da preparação das refeições. Leve-as à feira-livre, por exemplo. Faça o preparo dos alimentos em conjunto e tenha a refeição à mesa, com a família reunida. ⁣
  • Tenha frutas, verduras e legumes em casa, à disposição, e visíveis para as crianças.⁣
  • Beber água é fundamental para ter mais saúde! Evite bebidas açucaradas. Não espere a criança ter sede para oferecer água, vá oferecendo aos poucos, ao longo do dia.⁣
  • Gastar energia, brincando. Ajude seus filhos a praticar atividades que requeiram esforço físico. Limite o tempo da TV, do computador ou smartphones. Essas atividades roubam tempo precioso que poderia ser usado para se exercitar.⁣
  • Soninho bom. Criar uma rotina de sono é essencial para garantir mais saúde para o seu filho. Dormir bem ajuda a prevenir sobrepeso e obesidade. Os estudos científicos comprovam!⁣

Um dos grandes erros dos pais é achar que toda criança tem um metabolismo incrível e que “tá tudo bem” não comer verduras, frutas e se alimentar constantemente de alimentos processados. E que “Quando ele ficar maior vai comer melhor”⁣.

É muito importante o incentivo desde o nascimento, não só para garantir uma rotina de bons hábitos mas para também tornar algo natural e evitar um desfalque de nutrientes ao organismo.⁣

Adultos que crescem com maus hábitos alimentares acabam tendo uma alimentação sem variedade de vitaminas, minerais e nutrientes. Muitas vezes baseada em mais carboidratos simples, refinados e gordura saturada, e não alimentos integrais e proteínas de boas fontes, o que gera carências nutricionais e doenças crônicas, além de obesidade.⁣

Quando essa criança que não foi acostumada a ter hábitos saudáveis se torna adulta, as mudanças de rotina alimentar se tornam muito mais difíceis, e o adulto muito resistente a melhorar ou mudar de comportamento.⁣

Tenho certeza de que você não quer ver o seu pequeno com problemas de saúde no futuro, sofrendo para correr atrás do prejuízo de anos de má alimentação.⁣

Se para você é difícil ter hábitos alimentares saudáveis dentro de casa, provavelmente você também não teve uma alimentação balanceada na infância.⁣

Não reproduza o erro. Você tem total capacidade de ser a pessoa que vai quebrar esse ciclo e trazer mais saúde para dentro de casa!⁣

⁣Três pontos importantes que você precisa saber sobre a obesidade infantil são:

1- A obesidade infantil afeta a saúde física e mental da vida adulta.

Além da criança ficar mais propensa a complicações como diabetes, problemas cardiovasculares e até motoras, ela pode desenvolver problemas psicológicos como baixa autoestima e transtornos alimentares.⁣

2- A maior intervenção não é feita diretamente na criança, e sim no ambiente!

Quem compra e prepara a comida da criança? O que as pessoas que convivem com essa criança comem no dia a dia? Alguém a leva para se exercitar? O tratamento para a obesidade infantil começa na mudança do meio!⁣

3- Os termos “gordinho” e “dieta” só pioram as coisas.

A imagem que os pais criam e passam para os filhos pode contribuir para o ganho de peso e até para possíveis transtornos alimentares. Além disso, as crianças não devem fazer dietas ou restrições alimentares (a não ser nos casos de alergias e intolerâncias). Elas devem fazer as pazes com a comida saudável!⁣

Lembre-se: a criança não tem culpa! Ela precisa de um ambiente acolhedor e saudável

OBESIDADE INFANTIL E ATIVIDADE FÍSICA

“Preciso colocar meu filho na academia?”

⁣Antes de procurar uma atividade física focada na perda de peso, como aulas funcionais e musculação, saiba que existem outras opções que podem trazer muito mais benefícios, e a primeira delas são os esportes em equipe: futebol, vôlei, basquete, etc.

Além de auxiliar bastante no processo de emagrecimento, esses esportes proporcionam o desenvolvimento de diversas habilidades físicas, como equilíbrio, força muscular e coordenação motora, e sociais, como trabalho em equipe, capacidade cognitiva, autoconfiança, sentimento de responsabilidade e espírito esportivo.⁣

“Meu filho não gosta, diz que sempre é o último a ser escolhido…”⁣

Isso é muito normal, mas não pode ser o motivo para abandonar a atividade física! Existem outras ótimas opções como a natação, as artes marciais e a dança, que também são atividades com alto gasto calórico e que melhoram a saúde do pequeno.⁣

O que não pode é “aceitar” o sedentarismo. Mudar a alimentação é apenas um pilar do emagrecimento; a atividade física precisa estar presente!⁣

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Sites relevantes para pesquisa

Publicidade

%d blogueiros gostam disto: