sexta-feira, 22 de outubro de 2021

Academia Imperatrizense de Letras declara a “imortalidade literária” de Sálvio Dino

Publicado em 25 de setembro de 2020, às 19:08
Foto: Divulgação

Fonte: Maranhão Notícias

IMPERATRIZ – Emoção e saudade marcaram a sessão especial de homenagem póstuma à Sálvio Dino, realizada na noite dessa quinta-feira (24) pela Academia Imperatrizense de Letras (AIL). Sálvio Dino era membro-fundador da entidade e morreu, aos 88 anos, no dia 24 de agosto em São Luís devido a complicações da Covid-19.

O evento, que foi realizado no dia em que completaram os primeiros 30 dias de morte, contou com a presença de familiares e amigos próximos do homenageado.

O presidente da AIL, Raimundo Trajano Neto ressaltou que a cerimônia é uma praxe em caso de morte de integrante da entidade e segue um ritual que compreende as seguintes etapas: declaração de imortalidade literária do confrade, descenso, quando a fotografia do integrante é retirada da galeria de fotos e entregue à família deixando um vazio na entidade e vacância da cadeira, que no caso de Sálvio Dino era a de número 2, e pronunciamentos rápidos.

Como em outros eventos da entidade, a solenidade seguiu as normas sanitárias de prevenção ao Novo coronavírus e com todas as pessoas presentes usando máscaras de proteção facial.

“A declaração de imortalidade literária foi feita em formato de jogral por integrantes da Academia, e cada um citando uma frase alusiva ao confrade que faleceu e após essa particularidade foi realizado o chamado descenso, quando a fotografia é retirada da galeria de membros e deixa um vazio o que significa vacância do cadeira”, ressaltou Trajano Neto.

Em outro momento, quase no encerramento da solenidade, algumas pessoas presentes fizeram breves pronunciamentos sobre a pessoa de Sálvio Dino, além da declamação de poemas em homenagem ao saudoso integrante da entidade.

A família foi representada pela viúva, dona Iolete Dino que estava acompanhada de uma nora de nome Fernanda. O pastor evangélico Luis Carlos Porto, secretário de Estado, também integrante da AIL, estava no evento representando o governador do Estado Flávio Dino, filho de Sálvio Dino.

“Nós estamos muito abalados por que nos últimos anos perdemos muitos confrades, vários confrades por motivo de falecimento, o primeiro confrade por Covid, e espero que seja o último foi Sálvio e agora vamos dar continuidade de nossas atividades segundo a permissão de nosso pai celestial”, acrescentou Trajano Neto que pediu que “Deus coloque Sálvio em bom lugar pesando sua vida de homem bom, homem público, escritor, pai de família e amigo”.

Edital de eleição

De acordo com o regimento interno da AIL, após a cerimônia póstuma à Sálvio Dino, o próximo passo será a publicação de uma edital oficializando a vacância da cadeira que era ocupada por ele e apresentando as regras para a eleição ao sucessor na cadeira. Ainda não há data para a publicação do edital

Uma resposta em “Academia Imperatrizense de Letras declara a “imortalidade literária” de Sálvio Dino”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Sites relevantes para pesquisa

Publicidade

%d blogueiros gostam disto: