sexta-feira, 22 de outubro de 2021

FIEMA articula ações de suporte a indústrias na região Tocantina

Publicado em 28 de agosto de 2020, às 18:23

Fonte: Fiema.

Foto: divulgação.

Data: 27 de agosto de 2020


 
IMPERATRIZ– As ações disponíveis para contribuir com a retomada econômica e minimizar os impactos causados pelo coronavírus na reconstrução da economia local foi tema da reunião realizada pelo superintendente da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (FIEMA), César Miranda, na terça-feira, 25, com os presidentes de sindicatos industriais de Imperatriz para planejar o início das ações do Plano de Retomada das Atividades Econômicas – Avança Maranhão nas indústrias da região Tocantina.
 

“Nosso compromisso é de apoio a classe empresarial do nosso estado que vem lutando diante desse cenário e resistindo fortemente, inclusive despontando como um dos setores que mais criou postos de emprego, mesmo diante à crise. Essa é uma missão da FIEMA e que o presidente Edilson Baldez enfatiza para o crescimento e fortalecimento da economia no Maranhão”, ressaltou o superintendente da FIEMA, César Miranda.

Participaram da videoconferência, Antônio Alves Barbosa, Nayara Miranda e Jefferson Alexandrino de Carvalho, representando os sindicatos das Indústrias de Panificação e Confeitaria de Imperatriz (Simpancimp); das Indústrias de Metalúrgicas, Mecânica e de Material Elétrico de Imperatriz (Simetal) e Indústrias de Carvão Vegetal do Estado do Maranhão; respectivamente, junto com o 1º vice-presidente da FIEMA, Francisco Sales de Alencar.

O programa é voltado para as micros e pequenas indústrias maranhenses, afetadas pela pandemia do novo coronavírus, e desenvolve ações de suporte nesse momento de retomada das atividades econômicas.

“Acreditamos que essa união conjunta chega em um bom momento para colaborar com as empresas que tem sofrido forte impacto econômico. E como entidade do Sistema Indústria, nos colocamos à disposição das empresas, que tiveram suas atividades afetadas pela pandemia do novo coronavírus”, destacou o 1º vice-presidente da FIEMA, Francisco Sales de Alencar.

Dos quase R$ 30 milhões destinados ao Avança Maranhão pelas entidades empresariais (ACM, Faema/Senar, Sistema Fecomércio, Sistema FIEMA e Sebrae), o Sistema FIEMA está investindo R$ 10,7 milhões em um total de 30 ações, na capital e interior do estado, que incluem a restauração de respiradores mecânicos, a produção e doação de máscaras face shields (escudos faciais), doação de máscaras de uso comum para trabalhadores de empresas, doação de kits de higiene (álcool gel, sabão líquido e sabão em barra), aplicação de vacinas contra a H1N1 e de testes para a COVID-19, assim como, doações de cestas básicas.

Na região Tocantina, segundo os representantes das indústrias dos segmentos que participaram da reunião sobre o Avança Maranhão, as empresas já têm procurado os sindicatos em busca de apoio, especialmente, acesso ao crédito e programas de capacitação e fortalecimento das empresas.

Para a presidente do Sindicato das Indústrias de Metalúrgicas, Mecânica e de Material Elétrico de Imperatriz (Simetal), Nayara Miranda, esse conjunto de ações somado a expertise do Sistema Indústria, que se coloca à disposição dos empresários, vem a somar com o atual momento. “É bom saber com quem contar e melhor ainda é poder ter esse apoio que visa beneficiar às empresas, a fim de evitar fechamentos, manter empregos e apoiar os empreendedores na superação da crise causada por essa pandemia”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Sites relevantes para pesquisa

Publicidade

%d blogueiros gostam disto: