sexta-feira, 22 de outubro de 2021

Cerca de 5 milhões de maranhenses estão aptos a votar nas eleições 2020

Publicado em 23 de agosto de 2020, às 17:21

Fonte: MA 10

Nesta quinta-feira (06), a cúpula da segurança pública do Maranhão, realizou um encontro para o alinhamento do planejamento estratégico e execução das ações nas eleições com todos os órgãos que integrarão a operação Eleições 2020.

Segurança e Justiça Eleitoral alinham diretrizes para eleições 2020 (Foto: Karlos Geromy)

No Maranhão, 4.758.629 pessoas estão aptas a votar nas eleições 2020. É o que informou os dados divulgados nesta quarta-feira (5) pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A capital concentra 14% desse montante, com 699.954 aptos a exercer o voto no período. Imperatriz é o segundo maior reduto eleitoral do estado, com 169.217 eleitores aptos, segundo o TRE-MA.

Nesta quinta-feira (06), a cúpula da segurança pública do Maranhão, realizou um encontro para o alinhamento do planejamento estratégico e execução das ações nas eleições com todos os órgãos que integrarão a operação Eleições 2020.

Participaram do encontro Ministério da Justiça e Segurança Pública e reunirá representantes do Tribunal Superior Eleitoral, do Tribunal Regional Eleitoral, da Secretaria de Segurança Pública, da Polícia Militar do Maranhão, da Polícia Civil, do Corpo de Bombeiro Militar, do Exército Brasileiro, da Polícia Federal, da Guarda Municipal e da Secretaria de Trânsito e Transporte.

Novos prazos

Os prazos eleitorais foram prorrogados e o registro de candidaturas vai até dia 26 de setembro. A data para escolha de candidatos a prefeito e vice-prefeito passou para o período de 31 de agosto a 16 de setembro. As eleições foram adiadas para dias 15 e 29 de novembro (primeiro e segundo turno, respectivamente). Quanto a outras datas não previstas na emenda constitucional que adiou as eleições, o Congresso indicou que devem ser prorrogadas de forma proporcional pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Deve ser feito ajuste nas normas referentes aos prazos para fiscalização e acompanhamento dos programas de computador utilizados nas urnas eletrônicas para votação, apuração e totalização. Também serão atualizados procedimentos das fases de votação, apuração e processamento eletrônico da totalização dos resultados, para adequá-los ao novo calendário eleitoral.

O TSE ainda vai definir horários de funcionamento das seções eleitorais e eventuais medidas de distribuição dos eleitores para minimizar os riscos de aglomeração nos dias de votação. Caso haja a necessidade de datas alternativas para a votação em municípios cuja situação sanitária aponte riscos aos eleitores, caberá ao TSE solicitar ao Congresso Nacional a marcação. A data-limite para a realização das votações, nesses casos, será 27 de dezembro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Sites relevantes para pesquisa

Publicidade

%d blogueiros gostam disto: